sábado, 12 de agosto de 2017

Ameaças de Trump dão grande impulso à luta contra o Imperialismo



A ameaça de Trump une ainda mais as Forças Armadas da Venezuela, desmobiliza e assusta uma parte da oposição, especialmente a que um dia foi chavista, acelera os objetivos de Maduro e da Assembleia Constituinte, levanta as orelhas de China e Rússia, que atuam em sigilo, deixa Equador e Bolívia em alerta, aumenta as pressões por mais intercâmbio na Alba, deixa o Conselho de Defesa Sul-americano em saia justíssima, diminui as divisões da esquerda sobre o tema, deixa a direita moderada nos países vizinhos mais comedida e, de quebra, deixa os republicanos (que nunca se importaram com isso aqui) ainda mais de saco cheio do presidente. 

Muito bem, senhor Polícia do mundo. Continue assim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário