segunda-feira, 24 de outubro de 2016

Marcelo Freixo lança Carta aos Cariocas e promete não mudar nada se for eleito

Compromisso com o Rio: coragem para não mudar

Não é simples mudar. Toda mudança é complexa e trabalhosa. Especialmente quando envolve o enfrentamento da desigualdade e de interesses poderosos. Por muito tempo, nós nos acostumamos com os contrastes do Rio de Janeiro e com a incapacidade do poder público de resolvê-los.

Este compromisso é também um desafio e um convite. Um acordo firmado com todos os cariocas que, como nós, desejam a mudança. Mudança com coragem, dedicação e responsabilidade.

Eu, Marcelo Ribeiro Freixo, comprometo-me a, caso eleito prefeito do Rio de Janeiro no pleito de 2016:

1. Montar um secretariado inteiramente formado por técnicos (o mesmo que Temer prometeu) com comprovado conhecimento. Integrado, de forma equilibrada, por mulheres e homens. Nenhum secretário será nomeado por indicação de partido político.

2. Ter como prioridade a redução o custo de vida (ele é candidato a presidente?) e a melhoria dos serviços públicos.

3. Garantir o equilíbrio do orçamento municipal, aumentando investimentos com a redução de gastos com custeio e cargos comissionados, como todo bom neoliberal promete.

4. Revisar e tornar públicos todos os contratos da Prefeitura.

5. Respeitar os contratos em situação regular. E investigar o que estiver sob suspeita. (Jênio!)

6. Atuar de forma ética e equilibrada junto ao setor privado, garantindo a independência da Prefeitura e o crescimento econômico. Uma coisa não tem nada a ver com a outra: pode-se afundar na recessão com a maior honestidade, ética e transparência. E como é que o Rio vai crescer enquanto o país afunda?

7. Dialogar com o governo estadual, a União e a Câmara de Vereadores, priorizando os interesses da população do Rio de Janeiro. (Só faltava prometer de antemão não dialogar com ninguém...)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Web Analytics